Presidente do Conselho de Segurança é morto a tiros no meio da rua

Teste de Espaço de Anúncio
Valdir Farinha, morto a tiros em Rondonópolis por volta das 22 horas de quarta-feira
O presidente do Conselho Comunitário de Segurança Pública (Conseg), Valdir Farinha, foi morto a tiros no bairro Jardim Monte Líbano, na Rua Dom Pedro II, em Rondonópolis (212 km de Cuiabá), na noite desta quarta-feira (12).

Informações iniciais apontavam que Valdir foi ferido durante um assalto, porém, imagens de câmeras de segurança mostram outra versão.

No vídeo é possível ver várias pessoas próximas de um carro, em frente a uma casa, conversando. Momento depois o bandido aparece, já com uma arma e punho, se aproxima e começa a atirar. A vítima ainda consegue sacar uma arma e revidar, porém, cai em seguida.

Uma segunda vítima também teria ficado ferida durante a troca de tiros.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas quando os paramédicos chegaram Valdir já estava sem vida. A outra vítima foi encaminhada a uma unidade de saúde, mas o atual estado de saúde dela não foi informado.

Uma equipe da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) foi chamada para analisar a cena do crime. Um laudo com detalhes do assassinato será divulgado nos próximos dias e deve ajudar nas investigações da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP).

Enquanto isso, a Polícia Militar realizou buscas pela região e conseguiu prender quatro suspeitos do crime próximo ao bairro Jardim Primavera. Eles tinham roubado um veículo na frente da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) na tentativa de fugir.

Um deles estava com ferimento de tiro nas costas.

A Polícia Civil continua investigando o crime.


Repórter MT

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.