Polícia cumpre mandados e retira haitianos de venezuelanos de área privada em Cuiabá

Teste de Espaço de Anúncio

Justiça realiza, na manhã desta terça-feira (28), o despejo de mais de 200 famílias em uma área de invasão na região da Ponte de Ferro, no Coxipó. É a segunda ação de reintegração de posse que ocorre no mesmo local. A primeira foi em 2017.

As famílias fazem parte da Associação de Moradores e Miniprodutores Rurais de Sesmaria de Caetano da Costa Monteiro, que ocuparam 3 áreas que seriam particulares e oriundas de herança familiar.

Comandante do 3º Batalhão da Polícia Militar em Cuiabá, tenente-coronel Fernando Agostinho informou que cerca de 130 policiais fizeram o posicionamento da tropa logo no início da manhã, informaram as famílias sobre o mandado de reintegração de posse e os crimes que poderiam estar cometendo caso houvesse resistência. O tenente-coronel destaca que, até o momento, os moradores estão colaborando e deixando a área pacificamente.

Um fato que chama a atenção, desta vez, é a presença de estrangeiros na área, entre eles haitianos e venezuelanos. Devido a esse fator, a ação da Polícia Federal foi solicitada judicialmente. Entretanto, a PF afirmou que o acompanhamento poderia ser realizado apenas pela Polícia Judiciária Civil (PJC).

No local há casas construídas de alvenaria, de madeira e também há barracos. O comandante do 3º BPM informou que as construções não serão derrubadas.

Atualizada às 09h04


RepórterMT

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.