Homem mata os sogros com a ajuda da filha das vítimas

Teste de Espaço de Anúncio
Crime ocorreu na madrugada de segunda-feira (6) em Porto Grande. Filha do casal também admitiu participação no crime.
Cerca de 20 horas após o crime de duplo homicídio em Porto Grande, distante 102 quilômetros de Macapá, na madrugada de segunda-feira (6), os dois principais suspeitos foram presos pela Polícia Civil. Os companheiros Fabíola Borges, de 19 anos, filha das vítimas, e Bruno Fonseca, de 30 anos, confessaram o crime, mas os depoimentos se contradizem.

Segundo o titular da delegacia de Porto Grande, Bruno Braz, diligências foram realizadas em Macapá na tentativa de encontrar Bruno. Com o avanço das investigações, a polícia descobriu que Fabíola, filha Marilene Conceição de Souza e Marcos Leão Borges, teve participação no crime.

“O autor do homicídio foi preso em flagrante ainda na segunda, nas primeiras horas da noite escondido em uma pousada em Macapá no bairro Santa Rita. Em depoimento, acompanhado de seu advogado, confessou o crime e alegou que o fez por influência de Fabíola”, explicou.

No depoimento, Bruno Fonseca afirmou que a companheira abriu a porta pra ele entrar por volta de meia-noite e esperou o pai dela ir ao banheiro por volta de 2h. O acusado segurou a vítima e a filha o acertou com um tiro de arpão no peito.

Ele contou que Fabíola planejou o crime há muito tempo, desde 2018, e sempre recusava, pois o casal teria um filho para criar. Ele informou que a motivação da companheira eram os abusos que Fabíola sofria do pai.

O delegado acrescentou que a filha do casal teria determinado, planejado e executado o crime. Ela confessou que abriu a janela da casa para Bruno entrar.

Ao depor, segundo Braz, Fabíola disse que sabia que o crime aconteceria, mas decidiu voltar atrás no último momento. Ela alegou que apenas abriu a janela para Bruno, mas ele estava a decidido a levar o crime até o fim, pois a mãe dela o teria denunciado por falta de pagamento de pensão dos filhos.

Os acusados estão presos em Porto Grande, aguardando audiência de custódia.


G1/AP

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Tecnologia do Blogger.