Bandidos matam casal e jogam corpos em cachoeira de 100 metros para roubar caminhonetes

Teste de Espaço de Anúncio
Casal foi brutalmente assassinado em assalto.
Três bandidos, sendo um homem e duas mulheres, confessaram ter matado o casal Luiz Sérgio da Silva Lechuga e Rosinha Edileuza da Silva Lechuga, e jogado os corpos do alto da Cachoeira Salto das Andorinhas, para roubar uma Toyota Hilux e uma Ford F-1000, na tarde de quinta-feira (23), em Aripuanã (947 km da Capital).

As investigações tiveram início quando o corpo de Sérgio foi encontrado com os braços para trás, às mãos amarradas, uma mordaça de pano e um nó atado no pescoço, aos pés da cachoeira. A vítima ainda tinha um ferimento na testa que possivelmente foi causado pela queda.

Segundo a Polícia Judiciária Civil (PJC), durante a apuração do caso foi constatado que Rosinha também estava desaparecida. As caminhonetes da família também tinham sumido.

Diante disso, as equipes retornaram ao Salto das Andorinhas e em um local de difícil acesso encontrou o corpo da segunda vítima.

Um chamado foi aberto e a Polícia Militar de Cacoal (RO) identificou duas mulheres e um homem andando com veículos semelhantes aos roubados, na cidade. O trio foi preso em flagrante pelos militares em conjunto com os policias civis de Aripuanã, pelo crime de latrocínio (roubo seguido de morte).

Em depoimento, o homem confessou o crime, e disse que o grupo roubou os carros e matou o casal, em seguida, para acobertar o delito jogou os corpos das vítimas na cachoeira.

Além disso, foi informado a existência de um quarto integrante, que seria responsável pelo assassinato. O acusado está foragido.

Os criminosos estão detidos na Central de Flagrantes.

A PJC de Aripuanã investiga o caso.

Repórter MT

Casal é morto após roubo de caminhonetes e corpos são jogados em precipício de cachoeira


Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Tecnologia do Blogger.