Mulher é morta a mando do marido na frente dos filhos; Ordem partiu da prisão

Teste de Espaço de Anúncio

Daiany Tatsch Gorget Duarte, 25 anos, teve a casa invadida por dois homens e foi assassinada com tiros na cabeça, na frente de três filhos pequenos. O crime aconteceu na madrugada desta segunda-feira (30), no Residencial Gilson Barros, em Várzea Grande.

De acordo com a Polícia Militar, um dos filhos da vítima relatou, de maneira espontânea, que seu pai teria ordenado a execução. O mandante seria um homem conhecido como ‘caverninha’, que está preso na Penitenciária Central do Estado (PCE).

O mesmo garoto relatou que a família estava em casa quando o local foi invadido por uma dupla armada. Os bandidos então atiraram na cabeça da mulher na frente das crianças, na cozinha da casa.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser acionado, mas a vítima morreu ainda no local do crime.
A mulher morreu ainda no local do crime.

A PM tentou contato com o Conselho Tutelar, porém, não obteve retorno. As crianças foram deixadas com a avó materna.

Os assassinos conseguiram fugir, sem que fossem identificados.

A casa foi isolada e analisada pela Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), dando início às investigações.
O caso passa a ser acompanhado pela Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

RepórterMT/PMMT
Daiany Tatsch Gorget Duarte
A mulher morreu ainda no local do crime.




RAUL BRADOCK





Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Tecnologia do Blogger.