Menino de 11 anos liga para a PM e pede socorro ao ver pai esfaquear mãe

Teste de Espaço de Anúncio
O acusado teve a prisão mantida e foi encaminhado a uma unidade prisional.
Uma criança de apenas 11 anos salvou a vida da mãe após ligar para a polícia e denunciar que seu pai, Carlos Fernando da Silva, 38 anos, estava esfaqueando a esposa, na madrugada do último sábado (14), no bairro Doutor Fábio 1, em Cuiabá.

O menino e seus dois irmãos passaram por momentos de terror ao ver a mãe ferida e ensanguentada. Desesperado ele ligou para o Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) e pediu socorro.

Numa gravação, é possível ouvir a criança dizendo para uma policial do Ciosp: “Meu pai está agredindo minha mãe”. A atendente pede as primeiras informações sobre o caso e pergunta se não é um trote.

O garoto responde chorando. “Não estou passando trote, por favor, me ajuda. Meu Deus do céu”.

A atendente informa que a ocorrência foi registrada e é só aguardar. Em tom desesperador o menino afirma: “Vou ficar aqui na frente esperando”, e a ligação é encerrada.

No local a PM encontrou a mulher deitada na cama como perfurações de faca no abdômen e na mão.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e prestou os primeiros socorros à vítima que, em seguida, foi encaminhada ao Hospital Municipal de Cuiabá (HMC).

Devido à gravidade dos ferimentos, a mulher foi levada diretamente ao centro cirúrgico. O atual estado de saúde da paciente não foi divulgado.

Carlos foi encontrado ainda dentro de casa, ao lado da vítima na cama, olhando o que tinha feito. A arma do crime, que estava caída no chão, foi apreendida.

As crianças, que estavam ‘escondidas’ atrás de um sofá chorando, foram entregues aos cuidados da avó.

Carlos foi preso em flagrante e encaminhado à Delegacia de Polícia. Ele passou por audiência de custódia, o juiz converteu a prisão em flagrante em preventiva e o acusado foi encaminhado à unidade prisional.

Veja o vídeo divulgado pela TV Centro América.



Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Tecnologia do Blogger.