Aos 98 anos, policial militar mais antigo na atualidade é homenageado

Teste de Espaço de Anúncio
Aos 98 anos, cabo da PM  é homenageado com medalha e volta a usar fardamento


O Cabo reformado, Benedito Cassiano Alvarenga, 98 anos, mais antigo na atualidade e pertencente aos quadros da Polícia Militar de Mato Grosso, foi homenageado na cidade sul-matogrossense de Rio Verde de MT, no último sábado (7).

A homenagem foi realizada no sindicato rural da cidade, onde o comandante-geral da PMMT, Coronel coronel Jonildo José de Assis, acompanhado de toda sua comitiva e representantes da PM de Mato grosso do Sul, outorgaram a Medalha "Mérito de Sangue" ao militar que completava 98 anos no último dia 1º de dezembro.

A corporação agracia os policiais com a medalha que exaltaram a farda com seus feitos memoráveis e ações heróicas à sociedade mato-grossense.
O Cabo Alvarenga teve 73 anos de sua vida dedicados a carreira militar, do então Estado de Mato Grosso, vindo residir no município de Rio Verde, onde reside seus filhos, netos e familiares.
A cerimônia foi marcada por muita emoção, aonde o militar além de receber a medalha também recebeu uma farda, andou de viatura e relembrou o tempo em que serviu a instituição.
Sua História

O Cabo PM Alvarenga, Nasceu em Coxim no dia 1º de dezembro 1923. Em 1944 foi servir o exército na cidade de Porto Murtinho, onde serviu por dois anos. Em 1946, deu baixa e voltou para Coxim, onde foi trabalhar na C/R (Firma de construção de Rodovias). Em 1950 foram levados para Cuiabá (MT), para votar. Foi convidado para ingressar na PM do Estado, passando a ser policial militar do Comando Geral da PMMT.
Em 1951 foi convidado a fazer um curso em Corumbá. Passando a ser Cabo da PM, e no mesmo ano foi destacado para bela Vista na fronteira.
Em 1953, foram chamados para atender uma ocorrência, numa festa na divisa do Estado. Onde no meio da briga ocorreu o assassinato do delegado, e um dos policiais foi retalhado com faca, e o Cabo Alvarenga, foi alvejado com vários tiros, ficando entre a vida e a morte, foi socorrido e levado para a cidade de Campo Grande. Ficando internado no Hospital por quatro meses.
No ano de 1954, devido a ocorrência dos fatos veio a aposentar-se. Voltou para a cidade de Rio verde, e ficou a serviço do Governo no destacamento do 5º Batalhão da Polícia Militar até sair sua aposentadoria definitiva.
Ele é o terceiro filho de 11 irmãos. Foi casado por 44 anos. Pai de oito filhos, avô de 12 netos e visavô de 20 bisnetos, sendo uma neta cabo da Policial Militar no município de Coxim.

 

ENFOQUEMS

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Tecnologia do Blogger.