Pai grava vídeo agredindo filhas e caso é investigado pela Polícia Civil de Indaial

Teste de Espaço de Anúncio


A gravação teria sido feita no último fim de semana. Nela, o pai, de cueca, dá dois tapas em uma menina de 11 anos que está sentada ao lado dele. Ela tem hematomas no rosto e não se mexe, apesar de respirar com rapidez.

Depois, ele se dirige a outra adolescente, de 17 anos, que está com uma bebê no colo, filha dela. A garota chora muito e ele faz um gesto para agredi-la também. O vídeo acaba neste momento.

Antes de começar a violência, ele diz: “aqui ó, pode gravar e mandar para ela”. Segundo informações apuradas pela RICTV, ele é pai das duas meninas mais velhas e está separado da mãe delas.

Quem foi obrigada a gravar tudo foi uma terceira filha, de 13 anos.

Nesta terça-feira (26), a Polícia Militar informou que tomou conhecimento do ocorrido já no fim de semana e encaminhou as informações ao poder judiciário e Polícia Civil.

Lugar seguro às vítimas
De acordo com o delegado Romildo Parno, as quatro foram retiradas do imóvel, que fica no bairro Benedito, na tarde desta terça-feira (26).

O espancamento teria ocorrido após o pai saber que a adolescente de 17 anos está grávida novamente e nenhuma das outras filhas o contou.

“Todas as providências tomadas, medidas protetivas, as vítimas atendidas, instauramos inquérito e estamos tomando outras medidas que serão divulgadas posteriormente”, contou Parno.

As vítimas estão recebendo atendimento psicológico em um trabalho conjunto da Civil e Conselho Tutelar. A prisão do agressor não foi feita até então porque não houve flagrante.

O inquérito deve apurar também a responsabilidade de quem divulgou o vídeo na internet e quais tipos de violências elas vinham sofrendo.

As autoridades pedem que o material e nomes não sejam divulgados para preservar as vítimas menores de idade.

BIANCA BERTOLI, BLUMENAU

ND

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Tecnologia do Blogger.