Jovem encontrado em trilha de cachoeira em MT teria sido morto por vingança

Teste de Espaço de Anúncio

Preso nesta terça-feira (26) por suspeita de envolvimento no assassinato de um jovem no começo do mês, o casal F. L. S., 43 anos, e M. A. F., de 29 anos, confessou o crime em depoimento prestado na delegacia de Polícia Civil, em Barra do Garças (515 km de Cuiabá-MT).
João Paulo Souza Rosa, de 23 anos, foi encontrado morto em uma trilha de cachoeira, no Parque da Serra Azul, no dia 11 de novembro. Ele estava desaparecido há dois dias.Segundo o delegado Heródoto Fontenele, responsável pelo caso, o rapaz foi morto por vingança. João Paulo conhecia apenas a mulher.De acordo com as investigações da Polícia Civil, o casal armou uma emboscada e simulou um cenário de assalto para matar o jovem. João Paulo foi asfixiado e teve o seu corpo arremessado em uma área de mata, de difícil acesso, a cerca de 17 metros de altura, próximo à Cachoeira da Usina.Ao jogarem o cadáver, os assassinos tinham o objetivo de dificultar a localização do corpo, além de tentar induzir os investigadores a acreditar que o rapaz tivesse sofrido um acidente ou, até mesmo, se suicidado.Após a elucidação do caso, Heródoto Fontenele representou pela prisão preventiva dos acusados junto à Justiça, que deferiu o pedido.
João Freitas l CircuitoMT

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.