Polícia recupera R$ 1,2 milhão em agrotóxico roubado após confronto com quadrilha em MT; ladrão morreu

Teste de Espaço de Anúncio
Polícia recupera carga avaliada em 1,2 milhão em agrotóxico em Lucas do Rio Verde — Foto: Polícia Civil de Mato Grosso/Assessoria
Polícia recupera carga avaliada em 1,2 milhão em agrotóxico em Lucas do Rio Verde — Foto: Polícia Civil de Mato Grosso/Assessoria
Uma carga de defensivos agrícolas avaliada em R$ 1,2 milhão foi recuperada em ação da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) na terça-feira (8), em Lucas do Rio Verde, a 360 km de Cuiabá.

Um assaltante morreu e um policial civil ficou ferido de raspão no confronto entre a polícia e uma quadrilha que roubou agrotóxicos.

A ação resultou na desarticulação de um grupo criminoso especializado em roubos e receptação de defensivos. Outros três integrantes da quadrilha foram atingidos.

Entre os suspeitos estão Johne Ribeiro da Silva, que morreu no local; Kassiano Camargo, socorrido e internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) de uma unidade do município e Reinald Stephanio Arouca de Moura, preso na quarta-feira (9) atingido com um disparo no pé.

A equipe da GCCO já investigava a organização criminosa há algum tempo pelo envolvimento do grupo em crimes de roubo e receptação de defensivos agrícolas, no interior do estado.

Caminhonete usada pelos assaltantes foi apreendida pela polícia — Foto: Polícia Civil de Mato Grosso/Assessoria
Caminhonete usada pelos assaltantes foi apreendida pela polícia — Foto: Polícia Civil de Mato Grosso/Assessoria


A Polícia Civil recebeu informações de que a quadrilha faria o transporte de uma carga roubada.

Com base no levantamento, equipes da GCCO coordenadas pelo delegado Frederico Murta foram até a cidade, onde após trabalho de monitoramento, flagraram cinco integrantes da organização criminosa, em via pública no bairro Parque das Emas II, fazendo o transbordo de dos produtos agrícolas de um caminhão-baú para uma caminhonete Ford Ranger.

No momento da abordagem policial, os criminosos reagiram à ação, efetuando disparos de arma de fogo contra as equipes, fugindo em direção aposta e ainda tentaram jogar os veículos contra os policiais.

Foram efetuados disparos contra os pneus do veículo, porém, eles aceleraram ainda mais com objetivo de atingir as equipes.

Toda a carga de defensivos que estava com o grupo foi apreendida – são mais de 215 galões de 20 litros e 50 caixas de defensivos - totalizando 5 mil litros de agrotóxicos avaliados em aproximadamente R$ 1,2 milhão, além de um revólver calibre 38 que estava em poder dos suspeitos.

Em continuidade às diligências, policiais da GCCO e da Delegacia de Lucas do Rio Verde conseguiram prender o terceiro integrante do grupo.

O suspeito foi conduzido à delegacia do município, onde após ser interrogado pelo delegado Daniel Santos Nery, foi autuado em flagrante pelos crimes de receptação, associação criminosa e tentativa de homicídio tendo policiais como vítimas.

Segundo o delegado da GCCO, Frederico Murta, que coordenou as investigações, grande parte da carga recuperada foi roubada pelo grupo no dia 5 de outubro, na cidade de Itanhangá, ocasião em que 12 homens armados amarraram as vítimas e fugiram levando refén


Por G1 MT



Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.