Polícia Federal confirma morte em desocupação de garimpo em Aripuanã

Teste de Espaço de Anúncio
PF-1.jpg
Confronto teria ocorrido entre garimpeiros e policiais militares do BOPE                                               Foto: PF
A Polícia Federal confirmou a morte de uma pessoa nesta segunda feira, 07, na desocupação de um garimpo ilegal no município de Aripuanã. A desocupação faz parte da segunda fase da Operação Trypes em ação conjunta com forças de segurança do Estado de Mato Grosso.



De acordo com as investigações, além do impacto ambiental na região, o garimpo ilegal estaria causando grande impacto social no município com aumento do índice de homicídios, tráfico de drogas, prostituição. Cerca de 160 policiais, além de servidores do IBAMA e da Secretaria de Estado do Meio Ambiente do Mato Grosso – SEMA/MT atuarão na área durante toda semana para retirar 250 garimpeiros.



Eles estão acampados em frente a um posto de gasolina, na entrada de Aripuanã (1.000 km de Cuiabá). O estabelecimento fica na frente do garimpo onde está em andamento uma operação contra a exploração ilegal de ouro. “O nome da operação deriva da palavra grega “trypes” que significa “buracos”. Esta é uma alusão à situação em que ficou a região após a ação dos criminosos.

PEDRO RIBEIRO/DA EDITORIA
Pagina 12







Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.