Ex-policial é preso e confessa que matou enfermeira a mando do marido em MT

Teste de Espaço de Anúncio
Ex-policial é preso e confessa que matou enfermeira a mando do marido em MT
Assassino era funcionário de marido da vítima, que está foragido



A Polícia Civil encontrou, na manhã desta terça-feira (8), o corpo da enfermeira Zuilda Correia Rodrigues, de 43 anos, que estava desaparecida desde o 27 de setembro. Zuilda foi encontrada em um córrego da Estrada Ruth, no bairro Jardim Terra Rica, zona rural de Sinop (420 Km de Cuiabá). Parentes da vítima acompanharam as buscas e fizeram o reconhecimento do corpo.


De acordo com a Polícia Judiciária Civil, o corpo foi localizado com base na versão de um homem que foi preso por suspeita de envolvimento no crime.

A polícia prendeu um homem suspeito de envolvimento no crime, porém a identidade não foi divulgada para não atrapalhar as investigações.

A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) esteve no local participando das buscas e realizando os procedimentos para encaminhar o corpo para o Instituto Médico Legal (IML), onde deverá passar por exames de necropsia.

A Polícia Civil deve divulgar ainda hoje mais informações sobre o caso.

O caso

Conforme o boletim de ocorrência, o marido de Zuilda procurou a delegacia para registrar o desaparecimento da enfermeira. No veículo dela foram encontrados sinais de manchas com sangue e fios de cabelo. Ele afirmou que passou no hospital onde ela trabalha para buscá-la após o término do plantão. Como ele estava trabalhando com venda espetinhos, deixou a mulher em casa e voltou ao trabalho. Como ela não apareceu, ele resolveu retornar por volta das 20 horas.

Na casa, o homem constatou que a mulher e uma Toyota SW4 preta não estavam no local. Como disse ter achado que ela estava na igreja, resolveu voltar para o trabalho. Já por volta das 21 horas, encontrou a caminhonete estacionada em frente a residência e trancada.


Olhar Direto

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.