Judoca da seleção brasileira sub-21 morre afogado em Curitiba

Teste de Espaço de Anúncio
O corpo de Gabriel Schlichta foi encontrado afogado na piscina da casa que morava, em Curitiba

O judoca Gabriel Schlichta Adriano, de 20 anos, morreu afogado no último domingo 8 na piscina de sua casa, no bairro de Tingui, em Curitiba. Ele era considerado uma promessa da modalidade e defendia a seleção brasileira sub-21 de judô na categoria até 73kg.

 “A morte de Gabriel Adriano nos deixou muito surpresos, mas esperamos que ele possa estar em um lugar melhor. Agradecemos a todas as mensagens de conforto recebidas até agora. Elas só mostram o quanto era querido por todos, com seu profissionalismo, inteligência, amizade e grande atleta. Devemos sempre lembrá-lo com alegria, gratidão e muita saudade”, comunicou a Sociedade Morgenau, clube no qual o atleta treinava.

Gabriel, segundo informações da Federação Paranaense de Judô, foi bronze no Campeonato Pan-Americano sub-18 e campeão sul-americano no peso leve (até 73kg). O atleta de 20 anos também chegou várias vezes ao pódio em competições estaduais e nacionais.

A Sociedade Morgenau e a federação também comunicaram que o corpo de Gabriel Adriano foi velado no início do dia e será sepultado na tarde desta segunda-feira, 9, no município de Colombo, na Grande Curitiba.

Veja 

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.