Homem chora após ser preso por incitar ataque contra policiais; áudio e vídeos

Teste de Espaço de Anúncio

Samuel de Souza Valdivino, 30 anos, foi preso, na tarde da última terça-feira (13), no bairro Vida Nova, em Lucas do Rio Verde (332 quilômetros de Cuiabá). Ele é acusado de incitar uma série de ataques contra agentes de segurança pública da cidade e foi pego, em flagrante, traficando drogas. Após ser preso, o homem chorou. A ação fez parte da ‘Operação Combate’ da Polícia Civil e Militar.


Segundo as informações do boletim de ocorrências, equipes das polícias Civil e Militar receberam denúncias, há um mês, apontado que o suspeito estava traficando drogas. Depois, as autoridades receberam um áudio enviado por Samuel, onde ele convoca integrando do Comando Vermelho (CV) para atentar contra a vida dos agentes de segurança pública.

“Tem que oprimir mesmo a polícia, socar bala nessa polícia. Família do grupo aí ó CV, aqui é Samuel de Lucas do Rio Verde. Tem que juntar os armamentos, tudo dois, passa nada”, disse no áudio, que foi encaminhado em um dos grupos da facção.

Os policiais então foram até a região da residência do suspeito e visualizaram Samuel vendendo drogas. Ele foi detido em flagrante, junto com dois usuários que estavam realizando a compra do entorpecente. Após uma busca, foram localizadas diversas porções.
Questionado sobre o áudio, Samuel confirmou que foi ele quem enviou. Ele já foi alvo de outras investigações e tem um vasto histórico criminal. Ele não permitiu que os policiais tivessem acesso a seu aparelho celular.




Wesley Santiago l Olhar Direto

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.