Mãe embriagava filha de 13 anos para que companheiro a estuprasse

Teste de Espaço de Anúncio

Na segunda-feira (29), a Polícia Civil (PC) de Goiás prendeu um casal suspeito de abusar sexualmente de uma garota de 13 anos.  A prisão dos suspeitos aconteceu em Valparaíso de Goiás, pela delegada Ísis Leal, responsável pelas investigações do caso. Segundo ela, a mãe da menina a dopava com remédios e bebidas alcoólicas para que ela dormisse e o padrasto pudesse cometer os abusos.

De acordo com as investigações, a adolescente foi abusada entre o final de 2017 e início de 2018. Segundo a polícia, foi possível comprovar a prática por mensagem no celular trocadas entre a mãe da jovem e o padrasto. O homem e a mulher comentavam sobre os abusos e planejavam a maneira de continuar o ato ilícito.

Ainda conforme a polícia, um denunciante contou que teve acesso às mensagens trocadas entre os suspeitos do crime. Os aparelhos da mãe e do padrasto da adolescente foram apreendidos e vão ser analisados em busca de outras provas do crime.

A dupla vai ficar presa temporariamente pelo prazo de 30 dias, até o inquérito policial ser concluído. Em seguida, o processo vai ser enviado ao Poder Judiciário. Mãe e padrasto vão responder por estupro de vulnerável e em caso de condenação podem pegar pena que varia de 8 a 15 anos de reclusão.
Repórter Maceió

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.