Desesperada, menina de 13 anos denuncia pai por estupro ao amigo em mensagens: ‘To sangrando’

Teste de Espaço de Anúncio
Desesperada, menina de 13 anos denuncia pai por estupro ao amigo em mensagens: 'To sangrando'

Um homem foi preso em flagrante e passou por audiência de custódia na tarde desta sexta-feira (7) por ter estuprado a filha de 13 anos, em Nova Olinda, norte do Tocantins.

A detenção aconteceu após a menina relatar a um amigo, por meio de mensagens, seu desespero enquanto o pai a perseguia, e após passar por corpo de delito, que atestou o abuso.

Nas mensagens, que agora estão sob poder da perícia, de acordo com informações da 1ª Delegacia Regional da Polícia Civil em Nova Olinda, a menina conta que o pai a estuprou mais de uma vez. “Meu pai tá toda hora vindo e me estuprando. Me ajuda, por favor. Eu to tentando trancar a porta, mas ele abre”, relata a adolescente angustiada.

O amigo, então, orienta a menina a denunciar o caso à Polícia. “Eu to sangrando. Não tenho chip. Minha …. está doendo. Me ajuda, por favor. Amanhã eu vou lá. A noite não passa”, respondeu a vítima. Foi então que o jovem sugeriu que ela pegasse uma faca para se defender do agressor, mas a menina replicou: “Ele tá com arma. Me ajuda, por favor”.

A adolescente foi encaminhada para um posto de saúde e passou por exames, que atestaram que a vítima foi estuprada duas vezes. O caso foi registrdo na Delegacia de Nova Olinda, na madrugada de quarta-feira (5), pelo amigo da vítima.

Na noite da prisão do agressor, a mãe da vítima, que agora está sob proteção do Conselho Tutelar, estava no hospital, já que tinha acabado de dar à luz. A mulher e o recém-nascido estavam em repouso.

Na casa onde o crime aconteceu foi encontrada uma arma calibre 32 e munições, com a qual o pai ameaçava a filha. Segundo relatos da vítima, abusos aconteciam há quatro anos.

FONTERedeTV!


Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.