Mãe de bebê morta com sinais de maus-tratos é agredida por detentas

Teste de Espaço de Anúncio

Presa na Cadeia Pública Feminina de Rondonópolis desde o dia 29 de março, Bianca de Sousa Almeida 31 anos, precisou de atendimento médico nesta terça-feira (04), após ter sido agredida por outras companheiras de cela.A mulher é acusada de maus-tratos contra a filha de dois meses de idade.  De acordo com as informações, ela deve ser transferida para Cuiabá.O casoA bebê morreu após dar entrada no Pronto Atendimento Infantil. A médica que atendeu a criança na unidade chamou a Polícia Militar depois que percebeu que a criança tinha um hematoma na cabeça.Na delegacia, Bianca disse à polícia que tinha saído durante a noite para comprar bebida alcoólica e deixado a filha com o companheiro dela, de 27 anos. O pai afirmou que deu remédio para a criança, que teria começado a passar mal.
De acordo com a Polícia Civil, o casal foi autuado em flagrante no crime de abandono de incapaz qualificado, com pena de 4 a 12 anos. Os dois ainda podem responder por homicídio ou tortura qualificada com resultado morte. A polícia aguarda exame de necropsia.

Renata Ramos l AgoraMT


Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.