Índios tentam furtar motos, mas um cai de bêbado e não consegue levantar

Teste de Espaço de Anúncio

Dois índios da etnia Xavante invadiram uma casa no Bairro Araguaia Center, em Pontal do Araguaia (520 km de Cuiabá), na madrugada deste domingo (21), para furtar motocicletas, e um deles acabou preso. Os indígenas estavam embriagados e o que foi preso chegou ao ponto de cair e não conseguir mais levantar.

A tentativa de furto aconteceu por volta das 3 horas da madrugada. Segundo a Polícia Militar, o dono da casa acordou bastante assustado ao ouvir um barulho e, quando foi ver o que estava acontecendo, surpreendeu-se ao encontrar dois homens em sua casa, que teriam arrombado a grade do portão.

O morador começou a gritar e, com isso, os suspeitos tentaram fugir correndo. Um conseguiu e não foi mais visto. O outro, por sua vez, estava tão embriagado que caiu no chão e ali ficou.

A Polícia Militar foi acionada e, rapidamente, uma equipe chegou ao local, encontrando um dos suspeitos deitado no chão, no interior da casa, visivelmente alcoolizado.

A vítima relatou aos policiais que os dois suspeitos arrombaram a grade para tentar furtar três motocicletas – duas Yamaha YBR e uma CB 300 -, mas como ele os viu e começou a gritar, acredita que inibiu a má-ação.

Segundo o relato dos policiais que atenderam a ocorrência, o suspeito estava tão alterado que não conseguia informar seu nome, somente dizia que era índio da etnia Xavante. Como ele estava sem documentos, os policiais não conseguiram identificá-lo.

A equipe militar realizou rondas pela região em busca do suspeito que fugiu, porém, ele não foi encontrado.

O suspeito detido, então, foi encaminhado para a delegacia, onde foi entregue com várias escoriações pelo corpo, possivelmente causadas no momento em que ele e o colega arrombaram a grade da casa da vítima

Olivre
Foto: PMMT

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.