COLÍDER: mulher que "encontrou" recém-nascido é mãe da criança

Teste de Espaço de Anúncio

Bianca Fujimori l Midia News
A Polícia Civil descobriu que a mulher que havia anunciado ter encontrado um recém-nascido na beira de uma estrada em Colíder, na sexta-feira (5), era na verdade a mãe da criança. De acordo com os investigadores, trata-se de uma mulher de 30 anos, que não teve a identidade revelada. O pai do bebê, que é caminhoneiro, chegou de viagem na segunda-feira (8) e foi informado do ocorrido. Imediatamente ele foi até a delegacia e revelou que a sua esposa é a mãe da criança e a teria abandonado. Até então, os policiais civis suspeitavam que a mulher pudesse ter dado à luz o bebê e chegaram a agendar um exame ginecológico para confirmar. Porém, com o relato do marido, o exame foi descartado.
Ainda conforme os investigadores, a mulher segue em liberdade e deve prestar depoimento nos próximos dias. Ela ainda vai passar por uma análise de sanidade mental, pois a suspeita é de que esteja sofrendo de depressão pós-parto. Caso o laudo confirme que a suspeita está sã, ela poderá ser acusada de abandono de incapaz. Já o bebê - uma menina - segue em um abrigo até a audiência, onde o juiz definirá seu destino. Relembre o caso A criança teria sido encontrada em uma região de chácara da cidade, em um local conhecido como Estrada do CTG (Centro de Tradições Gaúchas). Na ocasião, a mulher contou à Polícia Militar que acordou no início da manhã com os cachorros latindo e, ao verificar o motivo, se deparou com o bebê no chão. O recém-nascido estava enrolado em um saco plástico ainda com o cordão umbilical. A mulher, então, levou a criança até o Hospital Regional, onde recebeu atendimento médico.

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.