Casal é preso por queimar criança com bituca de cigarro e deixá-la de joelhos sobre o milho

Teste de Espaço de Anúncio

dedica
Policiais civis da Delegacia Especializada de Defesa da Criança e do Adolescente (Deddica) prenderam no final da tarde de segunda-feira (15) um casal por ter torturado e espancado um menino de 5 anos. O homem e a mulher são acusados de queimar o menor com bituca de cigarro e deixá-lo de joelho sobre o milho.
Os suspeitos foram identificados como A.M.N.S., (pai) e M.C.O., (madrastra). A Polícia Civil informou que ficaram sabendo do fato, após a vítima ter sido internado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Pascoal Ramos com suspeita de tortura.

Após ser confrmado o diagnóstico, os médicos acionaram o Conselho Tutelar da região para providências. Ao tomarem conhecimento, os conselheiros acionaram os policiais da Deddica que iniciaram as investigações.

Durante os trabalhos, os investigadores descobriram que o casal agredia constantemente o menino e o castigava colocando-o de joelho no concreto e em cima de grãos de milho e arroz. Além disso, a criança tinha queimaduras causada por bitucas de cigarro.

Diante disso, os policiais foram até a residência dos suspeitos e os prenderam em flagrante. Logo após a prisão, o casal confessou os crimes de tortura e foi levado primeiramente à Delegacia de Repreensão ao Entorpecente (DRE).

Na manhã desta terça-feira (16), eles foram levados à sede da Deddica para prestarem depoimento ao delegado. O caso continuará sendo investigado.


Hiper Noticias

Por: LUIS VINICIUS

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.