Alta Floresta: criança de 2 anos dá entrada no Hospital Regional com diagnóstico de abuso, caso passa a ser investigado

Teste de Espaço de Anúncio
Foto: Clay Jr.
A Polícia Militar de Alta Floresta foi acionada ontem, sexta-feira (19), por uma equipe do Hospital Regional de Alta Floresta devido a entrada na unidade de uma criança de 2 anos de idade com diagnóstico de estupro de vulnerável. No Hospital, os policiais ouviram os relatos profissionais da saúde, que após exames identificaram lesões na genital da menina, caracterizando estupro de vulnerável. O Conselho Tutelar foi acionado e a mãe da criança ouvida. De acordo com ela, ao longo da semana, a menina reclamava de dores na genital e ao dar banho na criança, ela (menor), impedia que a mãe tocasse a região. Ao averiguar o que ocorria, observou uma vermelhidão na órgão genital. Ontem pela manhã, ao acordar, a mãe identificou sangue na fralda da criança, levando-a então ao Hospital Regional. A mãe relatou a PM que perguntou a criança o que havia ocorrido e ela citou nome de uma pessoa, o caso foi encaminhado à Delegacia Municipal e passa a ser investigado.

Notícia Exata

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.