“Salve” do Comando Vermelho proíbe assaltos a motoristas de aplicativo

Teste de Espaço de Anúncio

A facção criminosa Comando Vermelho emitiu nesta sexta-feira (22) um “comunicado” ou “salve”, como é popularmente conhecido, proibindo assaltos a motoristas de aplicativo. O texto tem circulado no WhatsApp e alerta: “aquele que for pego roubando, terá cobrança a altura, chegando até ao óbito”.

Pontuando que todos os “salves” têm o objetivo de proteger pessoas das camadas mais carentes da sociedade, o texto atribuído ao Comando Vermelho ainda afirma que os motoristas “de Uber” são trabalhadores tentando sustentar suas famílias.


Outro alerta feito na mesma mensagem é que “quem for pego se passando por Uber e for constatado que é um impostor também terá cobrança altura” pelo Comando Vermelho.

Kleber Campos, presidente da associação dos motoristas de aplicativo, diz que a mensagem já circulou por quase 30 grupos de WhatsApp que reúnem profissionais. Neles, ainda de acordo com Kleber, já surgiram supostas provas de que a mensagem, de fato, partiu da facção criminosa.

“É um misto de sentimentos. A gente se sente, por um lado, protegido, mas protegido por quem?”, diz o presidente, ressaltando não ter como confirmar se a informação é, realmente, verdadeira.

“A gente continua trabalhando e tomando cuidado, sempre se preocupando também para não discriminar ninguém. Tem regiões que são mais perigosas, mas a gente não pode discriminar um passageiro por isso”, pondera.

Assassinato
Na quinta-feira (21), foram presas cinco pessoas, sendo quatro homens e uma mulher, acusados de matar o motorista de aplicativo Anderson Marcelo Lopes Caldeira, de 28 anos. Ele foi assassinado com dois tiros na cabeça no dia anterior, em Várzea Grande (Região Metropolitana de Cuiabá), durante uma tentativa de assalto.

Titular da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande (DERF-VG), a delegada Elaine Fernandes disse que os três suspeitos de serem os executores do crime são considerados de altíssima periculosidade e agem a mando de lideranças de uma facção criminosa.


O Livre

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.