Ministro da Infraestrutura pode cancelar contrato de concessão da BR-163

Teste de Espaço de Anúncio
Ministro da Infraestrutura pode cancelar contrato de concessão da BR-163

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, afirmou, nesta quarta-feira (20), em audiência com deputados e senadores de Mato Grosso, que pode cancelar o contrato de concessão da BR-163 com a Rota Oeste e abrir um novo edital.  O declaração do ministro ocorreu depois da bancada mato-grossense cobrar a duplicação da rodovia.

Iniciada em abril de 2014, a concessionária garantiu no prazo de 5 anos duplicar um trecho de 453 quilômetros, entre a divisa de Mato Grosso do Sul até Rondonópolis e do Posto Gil até Sinop. A empresa conseguiu entregar apenas 117 quilômetros da rodovia duplicada.

O senador Jayme Campos (DEM), durante a reunião, alertou para o risco de tragédias na BR-163. A rodovia recebe cerca de 72 mil veículos por dia e assume como principal via de escoamento de grãos do Centro Oeste, correspondendo 30% da produção nacional.

Além de Jayme, participaram os senadores Selma Arruda (PSL) e Nelson Barbudo (PSL), os deputados federais, Juarez Costa (MDB), Valtenir Pereira (MDB), DR. Leonardo (SD) e Emanuelzinho (PTB).

 Ministro da Infraestrutura pode cancelar contrato de concessão da BR-163

Ministro da Infraestrutura pode cancelar contrato de concessão da BR-163
 Momento MT

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.