Menina de 10 anos se mata com revólver do pai em São Caetano

Teste de Espaço de Anúncio
sombra de uma mão segurando uma arma de fogo
Uma menina de 10 de anos de idade cometeu suicídio neste domingo, 17, dentro de sua casa no bairro São José, em São Caetano (SP). De acordo com o site Repórter Diário, a criança usou a arma de fogo do próprio pai para se matar. A Polícia Civil investiga o que motivou o ocorrido.

A Guarda Civil Municipal (GCM) foi acionada por volta das 9h, mas quando chegaram ao local a menor já estava morta. Segundo o pai da garota, enquanto se preparava para tomar banho, a filha foi ao quatro e pegou a arma, que estava sem munição.


Em seguida, a menina colocou as balas e atirou nela mesma. Ao ouvir o barulho, o pai correu e encontrou o corpo no chão. O caso ocorre em meio à discussão sobre controle de posse de armas a partir do atentado de Suzano (SP). Saiba mais abaixo:

A GCM encontrou duas cartas na casa, que serão utilizadas para as investigações. Vizinhos relataram que a criança falava abertamente sobre o assunto. A mãe da menina faleceu há oito meses.


O revólver estava no nome do pai e era datado do ano de 1992, no entanto, não estava com a situação regular.

O prefeito José Auricchio Júnior (PSDB) lamentou o fato por meio de suas redes sociais. Veja o post:


Deixo minha solidariedade à família e aos amigos da menina que deu fim à própria vida hoje pela manhã, no bairro São José. Meus sentimentos a todos. São Caetano do Sul em luto. 🙏🏻



Crédito: ugurhan/istockO revólver estava no nome do pai e era datado do ano de 1992
Catraca Livre

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.