Luto Polícia Militar lamenta morte de subtenente que ficou 20 anos no exercício da carreira

Teste de Espaço de Anúncio
Luto

A Polícia Militar lamenta a morte da subtenente Márcia Cristina Motta, de 46 anos, ocorrida na manhã deste sábado (02), em Cuiabá. O corpo da policial foi encontrado no apartamento dela com uma perfuração de projétil de arma de fogo no tórax. A militar sofreria de depressão. A ocorrência será apurada pela Delegacia Especializada de Homicídios (DHPP). Há 20 anos no exercício da carreira na PM mato-grossense, Márcia serviu em diversas unidades, entre as quais o quartel do Comando Geral, em Cuiabá, o Regimento Montado (Cavalaria) e o Batalhão Especializado de Trânsito, onde estava lotada atualmente. A família ainda não definiu o local e horário do velório e sepultamento.
olhar direto

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.