Indígenas realizam manifesto contra extinção da SESAI em Colíder

Teste de Espaço de Anúncio



Cerca de 50 mulheres indígenas estão na frente da Prefeitura de Colíder, na tarde de hoje (28)  em um manifesto contra a municipalização da saúde indígena e extinção da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai).
A extinção foi anunciada pelo ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta no último dia 20 e tem gerado protesto indígenas em várias partes do país. No Pará, está fechada a BR-163.
De acordo com uma fonte do Instituto Raoni, lideranças indígenas estão em Brasília e se suas reivindicações não forem atendidas, a BR-163 deve ser fechada em Mato Grosso também.
O Ministro da Saúde falou que iria extinguir a Secretaria e criar um departamento dentro de outra secretaria para atender os povos indígenas, o que não atende às necessidades dos povos.
Antes da criação da secretaria, em 2010, a saúde indígena era de responsabilidade das prefeituras. Com a extinção do órgão, os manifestantes afirmam que isso acarretaria na volta da municipalização dos serviços de saúde à comunidades.
As manifestantes afirmaram que vão permanecer na frente da prefeitura por tempo indeterminado.
Fonte: Nortão Online

 Online



Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.