Produtor rural que matou agrônomo afirmou que “só queria dar susto” em Mato Grosso

Teste de Espaço de Anúncio

O produtor rural que matou o engenheiro agrônomo Silas Henrique Palmieri Maia, de 33 anos, na tarde da última segunda-feira (18), em um povoado na região rural de Porto dos Gaúchos (650 km de Cuiabá), se entregou na manhã desta quinta-feira (21), na delegacia de Juara. Ele, que não teve o nome divulgado, confessou o crime e afirmou que a intenção seria apenas “dar um susto” na vítima.

O delegado Carlos Henrique Engelmann, responsável por investigar o assassinato, confirmou que o produtor se entregou na manhã desta quinta-feira. Ele estava acompanhado do advogado e também apresentou a arma do crime, utilizada para realizar os disparos na cabeça do homem.

“DURANTE O INTERROGATÓRIO ELE DISSE QUE NÃO SABIA NEM EXPLICAR O QUE ACONTECEU, QUE NÃO TINHA PENSADO EM MATAR A VÍTIMA. CONTOU QUE VIU O CARA SENTADO NA LANCHONETE E RESOLVEU PEGAR A ARMA COM A QUAL ELE SEMPRE ANDA. A INTENÇÃO, SEGUNDO ELE, SERIA APENAS DAR UM SUSTO E ACONTECEU O QUE JÁ SABEMOS”, DISSE O DELEGADO.



O delegado cumpriu o mandado de prisão ainda na delegacia de Juara, onde o acusado se apresentou. Durante o interrogatório, o produtor rural também confirmou que a motivação foi um desacordo comercial que ele tinha com a empresa da vítima.


Vídeo de uma câmera de segurança registrou o exato momento em que o engenheiro agrônomo Silas Henrique Palmieri Maia, de 33 anos, foi assassinado com tiros à queima-roupa. O crime foi registrado na tarde da última segunda-feira (18), em um povoado na região rural de Porto dos Gaúchos (650 km de Cuiabá). O criminoso ainda dá ‘um tapa’ nas costas da vítima, para que ela se vire para trás.

Cenário 
Por
 Wesley Santiago-OD
 

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.