Líder de ocupação em fazenda de políticos de MT denuncia atentado e oferta de recompensa para quem matá-lo

Teste de Espaço de Anúncio
Marcas de tiros foram encontrada no portão da casa da vítima — Foto: Arquivo Pessoal
Marcas de tiros foram encontrada no portão da casa da vítima — Foto: Arquivo Pessoal
O líder da ocupação na Fazenda Agropecuária Bauru (Magali), em Colniza, a 4.065 km de Cuiabá, Derisvaldo Ferreira de Sá, o Baiano, denunciou à polícia ter sofrido um atentado na terça-feira (19). Segundo boletim de ocorrência registrado pela Polícia Militar, a vítima contou que teve a casa alvejada por tiros.

A propriedade rural, que fica a cerca de 40 km de Colaniza, pertence ao ex-governador Silval Barbosa. Em delação premiada, ele afirmou que comprou a fazenda em sociedade com o ex-deputado José Geraldo Riva.

O suposto atentado foi registrado na Rua Andorinhas, no Bairro Garças, em Colniza. Ninguém ficou ferido.

À polícia, Derisvaldo contou que estava em casa quando ouviu barulho de tiros. Logo depois, um vizinho ligou e avisou ter visto alguém atirando na direção da casa dele.

Ao averiguar, os policiais localizaram marcas de tiro no portão e no carro da vítima. Porém, nenhuma cápsula deflagrada foi encontrada nas redondezas.

Ao ser ouvido, o líder da ocupação declarou que sofre ameaças e que teriam oferecido uma recompensa para quem matá-lo.

Nenhum suspeito foi encontrado durante diligências da polícia.

Segurança mostra marcas de tiro em carro onde ocorreu confronto em fazenda em Colniza — Foto: Arquivo pessoal
Segurança mostra marcas de tiro em carro onde ocorreu confronto em fazenda em Colniza — Foto: Arquivo pessoal

Confronto com morte
Em janeiro, um trabalhador rural foi morto na propriedade durante confronto com seguranças da fazenda.

Elizeu Queres de Jesus, 38 anos, morreu antes de ser socorrido. No corpo dele foram encontradas nove marcas de tiro. Além dele, outras nove pessoas ficaram feridas e levadas para o hospital.

G1MT

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.