Jovem de 21 anos foi morto a facadas durante discussão com quatro homens

Teste de Espaço de Anúncio
Jovem de 21 anos foi morto a facadas durante discussão com quatro homens

O jovem Gabriel Rodrigues, de 21 anos, encontrado morto na manhã desta terça-feira (26), no Distrito de Deciolândia, em Diamantino (183 Km de Cuiabá), foi assassinado a facadas por pelo menos quatro homens, após uma discussão. Um dos suspeitos do crime foi preso e confessou para a polícia que eles tramaram o crime e enterraram o corpo da vítima em uma lavoura.

 

Segundo as informações preliminares de familiares, uma testemunha viu quando o suspeito, identificado como Fernando Silveira de Souza, de 34 anos, teria saído da região de mata, as margens de uma rodovia federal, para pedir carona. A polícia foi acionada e prendeu o suspeito.

 

Fernando teria confessado para os policiais que ele e outros três suspeitos tramaram a morte do jovem após uma discussão. Eles encurralaram o rapaz e o mataram a golpes de faca. Ele indicou aos militares o local onde o corpo da vítima foi enterrado.

 

Gabriel estava desaparecido desde o último sábado (23), após jantar com colegas de trabalho, na propriedade rural onde estava prestando serviço. Ele dormiria no alojamento da fazenda para continuar o trabalho no domingo (24). Gabriel foi visto pela última vez conversando com o suspeito Fernando do lado de fora do alojamento.

 

No domingo os funcionários que fariam o embarque dos produtos, sentiram falta do jovem e ao procurar por Gabriel pela fazenda, perceberam que o rapaz tinha desaparecido. Na propriedade não há sinal telefônico, apenas rede de internet. Gabriel tinha um celular fornecido pela empresa, mas não faz contato desde domingo.

 

Desde o anúncio do seu desaparecimento, familiares e amigos buscaram desesperadamente por notícias que levassem ao paradeiro do jovem. A mãe do jovem contou ao Olhar Direto que o filho nunca saiu sem dar notícias, que era muito próximo da família e nunca deu indícios de estar envolvido com nada ilícito. Gabriel estava muito feliz e empolgado com o novo serviço.

 

No Facebook, diversos amigos do jovem e da família estão postando homenagens de despedida e lamentando a morte precoce do rapaz. Segundo a família, essa era a primeira vez que Gabriel estava trabalhando no local e dormiria no alojamento para continuar o trabalho no domingo (24). A vítima foi vista pela última vez em companhia de um homem conhecido como “Fernando Lagoa”. Ele também teria sido preso.

 

Fernando está preso na delegacia de Tangará da Serra. Os policiais realizam buscas para tentar localizar os outros três suspeitos de envolvimento no assassinato.

Thaís Fávaro Olhar Direto


Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.