Mexicano que esfaqueou cachorro em bar é encontrado morto com mais de 50 facadas.

Teste de Espaço de Anúncio



O homem que aparece em vídeo esfaqueando um cachorro de rua dentro de um bar foi encontrado morto com mais de 50 facadas em um porta-malas de um carro, na cidade de Piedras Negras, no México.

Segundo informações, Gerardo Herrera (36 anos) pode ter sido vítima de justiceiros que se revoltaram com o crime cometido por ele, que aparece em um vídeo matando um cachorro de rua com uma faca.

O vídeo viralizou nas redes sociais e revoltou milhões de internautas. Personalidades como a apresentadora Xuxa Meneghel e o deputado Eduardo Bolsonaro compartilharam o vídeo e expressaram revolta com o crime.


Nas imagens, um homem esfaqueia friamente o animal. É possível observar, inicialmente, que ele engana os animais, como se fosse uma brincadeira, depois esfaqueia um deles. O animal fica se contorcendo de dor.

 Logo depois da facada, o agressor volta para mesa do bar e volta a beber, friamente, como se nada tivesse acontecido. Ao fundo, o cachorro continua agonizando.

Gerardo chegou a ser preso no dia 08 de Janeiro, mas pagou uma pequena fiança e foi liberado horas depois. Em depoimento, ele contou que o cachorro derrubou uma de suas cervejas e por isso resolveu matar o animal.



O Congresso

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.