Mãe é condenada após deixar bebê de dois meses morrer de fome

Teste de Espaço de Anúncio
Mãe é condenada após deixar bebê de dois meses morrer de fome
Reprodução/Facebook

O norte-americano Angel Poole, de 25 anos, foi condenada a dez anos de prisão após deixar seu filho de dois meses morrer por inanição. Desnutrido, o pequeno Judah Wessels faleceu pesando apenas 2,3 kg – metade do peso de um bebê saudável dessa idade e com 1 kg a menos de quando nasceu. A morte aconteceu em julho de 2016, mas a sentença saiu na última sexta-feira (25).

Conforme as investigações, o menino nasceu com peso normal e estava saudável, segundo médicos que o examinaram oito dias após o parto. Dando sinais de negligência, a mãe passou a faltar nas consultas médicas e o estado de saúde dele acabou não sendo documentado nesse período.

Dois meses depois, Angel, que é moradora do estado Iowa (Estados Unidos), ligou para a polícia e contou que o menino estava com dificuldades para respirar. Ele foi socorrido e morreu no hospital em seguida.

Segundo a necrópsia, Judah estava extremamente desnutruido e morreu de fome e desidratação. Uma foto publicada pelo pai da criança, Ed Wixom, mostra o bebê muito magro e visivelmente desnutruido brincando no chão.

Durante o processo, a mãe tentou reverter o caso e negar a culpa ao alegar que o menino morreu após bater a cabeça, mas acabou confessando ter maltratado a criança.

FONTEREDETV!

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.