Homem mata padrasto com tiro em Matupá

Teste de Espaço de Anúncio



                       Fonte: TV Ouro Minas

O fato aconteceu por volta das 05h40min do dia 01 de janeiro, na Rua 08 do Bairro Centro em Matupá.

A vítima trata-se de Fábio Rodrigues Soares (33 anos). Ele foi alvejado por um disparo de arma de fogo (pistola), e veio a óbito no Hospital Municipal.
De acordo com informações, uma desavença entre a vítima e a sua amasia teria começado na festa de réveillon no Complexo Turístico dos Lagos, e ao retornarem para casa a discussão teria continuado.
Segundo consta no boletim de ocorrência, a esposa da vítima teria se ausentado da residência temendo as agressões do mesmo, o qual se encontrava totalmente alterado. Momento em que teria ligado para o seu filho e relatado a situação.
Nesse momento o suspeito Douglas Daniel Rocha (30 anos), foi até a residência da mãe e encontrou a vítima, onde disparou um tiro na altura do peito, deixando o local em seguida.
A Polícia Militar foi acionada por testemunhas, e encontraram a vítima caída ao chão. Antes de ser socorrido ao hospital a vítima relatou aos policiais que o autor do disparo era o filho de sua esposa.
Fábio deu entrada na unidade hospitalar, recebeu atendimento, mas veio a óbito posteriormente.
Após efetuar o socorro à vítima, a guarnição da Polícia Militar se deslocou até a residência do suspeito, onde sua esposa relatou que o marido após receber a ligação da mãe saiu de casa, e que logo teria retornado dizendo que havia feito uma besteira, e em seguida saiu tomando rumo ignorado.
Diante dos fatos o boletim de ocorrência foi lavrado e encaminhado para o Polícia Judiciária Civil para as investigações e procedimentos que o caso requer.

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.