Homem e preso por tentar colocar sociedade contra o trabalho da PM através de mensagem de grupo de Whatsapp.

Teste de Espaço de Anúncio

No dia 21/01/2019 por volta das 17h00min horas a policia militar de Nova Guarita se encontrava em patrulhamento avistaram algumas carretas que transitavam na MT-208 carregadas de soja, estavam sem a lona de proteção, e os veículos foram abordados perto da rotatória onde os policiais orientaram os condutores para que colocassem as lonas de proteção que e obrigatório de acordo com o CONTRAN. Por tanto as abordagens supracitadas começaram a rolar no grupo de Whatsapp por nome de (amigos de Nova Guarita) manifestações contra as blitz, o suspeito V.M. S. De 40 anos, escreveu no grupo de whatsapp a frase (que os canhoneiros deveriam meter a carreta em cima dos policiais e passar por cima e que se fosse ele faria isso), também colocou que os policiais queriam parar com as colheitas de soja no município, diante dos fatos no dia de hoje 22/01, com posse de prints de um denunciante que por medo não quis se identificar num ato contínuo a PM localizou o suspeito numa conveniência da cidade, o suspeito admitiu ser o autor dos áudios e conversas, colocando a sociedade contra o trabalho da PM, foi dada voz de prisão ao suspeito que foi conduzido ao destacamento com o uso de algemas quando o suspeito chegou ao local ameaçou os policiais, falando que isso não ficaria assim! Que quando ele sair iria resolver isso de outra forma. Diante de tudo foi feito o B.O, que foi encaminhado junto com o suspeito ao DEL POL de Terra Nova do Norte – MT, para as providencias.




Redação: William mariano 

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.