Gerente de fazenda e família são feitos reféns enquanto bandidos roubavam 400 cabeças de gado em São José do Xingu

Teste de Espaço de Anúncio

 (Crédito: Reprodução/Ilustrativa)


Aproximadamente 400 cabeças de gado foram roubadas de uma propriedade rural do município de São José do Xingu. O crime ocorreu no último dia 26 de dezembro do ano passado, a família do gerente da fazenda foi feita refém pelos criminosos por três dias.

Conforme informações repassadas ao Site Agência da Notícia, o gerente da fazenda relatou as autoridades policiais que no dia do crime cinco homens fortemente armados apareceram e renderam todos que estavam na propriedade, amarrando adultos e deixando as crianças soltas. Nos dias que ficaram em cárcere foram alimentados pelos bandidos que faziam a própria comida.

A vítima relatou ainda que os criminosos portavam fuzis eque a todo momento xingavam o proprietário da fazenda. O gerente disse ainda que ouviu o barulho de vários caminhões chegando para fazer a retirada do gado e que até carretas fizeram o transporte dos animais.

Após levaram todos os animais, os bandidos ameaçaram os reféns dizendo que não eram para registrar o caso na polícia antes de quarta-feira. Além do gado foram levados dois cavalos, motosserras e uma bateria de trator.

O roubo foi registrado na Polícia Militar e posteriormente encaminhado à Delegacia de Polícia Civil do município de São José do Xingu.

Casos de furtos e roubos de gado tem aumentado consideravelmente no Norte Araguaia e preocupa os pecuaristas da região.


Agencia de Noticias

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.