Garoto de sete anos morre atingido por tiro acidental com a arma do avô

Teste de Espaço de Anúncio

Um garotinho de apenas sete anos morreu ao ser atingido por um tiro disparado acidentalmente pela arma do avô, no município de Paranatinga (370 km de Cuiabá).

Segundo o boletim de ocorrência, a equipe da Polícia Militar foi chamada até uma fazenda pelo tio da criança – e já o encontrou gravemente ferido. De lá, primeiro a equipe pegou a criança, colocou na viatura e a levou para o Pronto-Atendimento Municipal.


Depois do socorro, o tio contou aos militares que o avô do menino chegou na fazenda, estacionou o carro e saiu para caçar. Quando voltou, encontrou-se com a criança, deu-lhe um abraço e entrou na casa da família.

Momentos depois, todos ouviram um barulho de tiro e correram para o veículo. Quando chegaram, já encontraram o menino atingido embaixo do peito, do lado direito.

O tio afirmou que o disparo aconteceu porque a criança teria tentado puxar uma sacola plástica de cima do banco do carro e que, sem querer, acabou acionando a arma.

Questionado, o homem contou que o objeto é do seu pai, avô da criança, que a usa para caçar.

A equipe da PM observou que, durante todo o resgate, não viu o tal avô, considerado suspeito por ser o dono da arma. Segundo o tio, o idoso teria ficado bastante emocionado ao ver o neto baleado e que, logo depois, saiu sem dizer aonde iria.

No hospital, a equipe militar e a família foram informados de que o menino não resistiu aos ferimentos e morreu.

A equipe voltou para a fazenda e isolou a área, para que a Polícia Civil e a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) possam investigar o caso.
O Livre

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.