Professor da UFMT é achado morto em rodovia

Teste de Espaço de Anúncio


O professor da Universidade Federal de Mato Grosso, identificado como Francisco Moacir Pinheiro Garcia, 53 anos, foi encontrado morto na madrugada desta quinta-feira (20).  O corpo tinha sinais de tiro e foi localizado às margens de uma rodovia em Cláudia (566 km de Cuiabá). 
Segundo informações, o professor estava desaparecido há dois dias e havia feito uma cirurgia no ombro recentemente. Familiares e amigos se mobilizaram nas redes sociais em busca de informações para o encontrarem. 
As buscas acabaram nesta quinta, com a localização do corpo, que foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Sorriso (IML) e aguarda identificação da família. 
Francielli Vicentini, pró-reitora em exercício informou que um boletim de ocorrências está sendo confeccionado. Não há informações sobre o velório.
Francisco Moacir Pinheiro Garcia dava aulas no Instituto de Ciências da Saúde do Campus de Sinop da UFMT. Por meio de nota, a instituição lamentou a perda do docente.
O professor ingressou no corpo docente da UFMT em julho de 2008 e ocupava o cargo de assistente II. Graduado em Enfermagem pela Universidade Federal do Ceará, mestre em Ciências Ambientais pelo Programa de Pós Graduação em Ciências Ambientais da UFMT no Câmpus de Sinop e doutorando pela Rede de Biodiversidade e Biotecnologia da Amazônia Legal (Bionorte), pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e ministrava as disciplinas de Biossegurança e Saúde Ocupacional no curso de Enfermagem, Medicina do Trabalho no curso de Medicina e Ecotoxicologia dos Agrotóxicos e Saúde Ocupacional nos cursos de Agronomia e Engenharia Florestal.
Fonte: Folha Max

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.