Para defender irmã mais nova, rapaz esfaqueia dois, inclusive o próprio tio

Teste de Espaço de Anúncio

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)
A Polícia Civil de Mato Grosso vai investigar mais um caso de violência, desta vez envolvendo três pessoas no município de Santo Antônio do Leste (385 km de Cuiabá).

Conforme a Polícia Militar, a equipe foi chamada na noite dessa quarta-feira (5), por volta das 22h30, em um bar do bairro Jardim Bem Viver. Lá, foi recebida por um rapaz identificado por Astúrio, de 20 anos. Aos militares, ele contou que um homem chamado Cléber teria tentado feri-lo com uma faca.


Segundo explicou, a confusão aconteceu porque Cléber teria mexido com sua irmã menor de idade. Como ele não gostou do que viu, foi tirar satisfação. No entanto, o homem teria tentado feri-lo.

Durante a briga de bar, Astúrio conseguiu se apossar de uma faca e feriu Cléber com um golpe nas costas.

Ao ouvir a história, a Polícia Militar conduziu Astúrio até Primavera do Leste, município vizinho, onde fica a base da PM e da Polícia Civil.

Na delegacia, os policiais souberam pelo comandante do batalhão que um outro homem tinha dado entrada no Pronto-Atendimento da cidade vizinha, com um ferimento de faca. Novamente os militares retornaram à cidade.

No Pronto-Atendimento estava o tio de Astúrio, chamado Valdinez, de 37 anos. Ele contou para a polícia que levou uma facada na bunda e que o agressor seria o próprio sobrinho, mas não explicou o motivo.

Os militares perguntaram, então, onde estava a faca que o rapaz usou para cometer os crimes, mas ele informou que a descartou em um terreno baldio, perto da sua casa.

Como os envolvidos estavam alterados, os policiais acabaram algemando todos e levando-os para a delegacia em Primavera do Leste. O caso ainda foi registrado como lesão corporal, vias de fato e tentativa de homicídio.

Por ser menor de idade, a irmã de Astúrio foi encaminhada para o Conselho Tutelar.

O Livre

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.