Avião comercial cai em lavoura de soja e mata gerente de fazenda

Teste de Espaço de Anúncio





















O piloto e gerente de uma fazenda localizada em Juara (690 km de Cuiabá) morreu na queda do avião comercial em que ele estava caiu em uma lavoura de soja, em uma fazenda do município de Chapadão do Sul, em Mato Grosso do Sul.

De acordo com o portal Correio News, a vítima foi identificada como Gilsimar Ferreira Freitas, de 41 anos.


Conforme as informações que teriam sido repassadas por um familiar, Gilsimar é gerente de uma fazenda em Mato Grosso e estava no estado vizinho para visitar amigos. Na volta, também deveria parar no município de Costa Rica (MS), antes de seguir viagem até Juara (MT).

O acidente foi percebido porque o homem não pousou. Por isso, o primo de Gilsimar decidiu sobrevoar a rota que o gerente faria. Foi quando os destroços do avião foram encontrados, já na manhã desta segunda-feira (10).

Segundo a imprensa local, ainda não se pode apontar uma provável causa da queda da aeronave. No entanto, um familiar informou que o gerente fazia uso de remédios, que poderiam tê-lo feito dormir durante o voo.

Outras testemunhas, que teriam visto o avião no ar enquanto participavam de um torneio de tiros na Fazenda Campo Bom, também em Chapadão do Sul, disseram que o motor da aeronave fazia um barulho estranho.

Ao todo, o avião teria voado apenas 10 quilômetros, vindo a cair em seguida.

O Corpo de Bombeiros e as polícias Civil e Militar foram mobilizados para atender ao acidente, que será investigado pelo Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa).

Metrópoles

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.