PM de Paranatinga age rápido e prende suspeito por tentativa de estrupo, tentativa de assassinato, lesão corporal, ameaça de morte, desacato, desobediência e resistência à prisão

Teste de Espaço de Anúncio


A Polícia Militar foi acionada via 190 para atender uma ocorrência as 02hs45 da madrugada desta terça-feira (6), onde o informante relata que uma mulher havia sido arrastada elos cabelos por um homem ao lado da feira na rua Travessa Campos.

Os Policiais de Plantão Sd. Victor Hugo, Sd. Vaz Sd. Avila com apoio do Cb. Rosair por estarem em alerta devido fatos ocorrido no Município, deslocaram com urgência ao local indicado onde confirmaram a veracidade dos fatos.

No momento da chegada dos Policiais o agressor estava ao lado da vítima toda suja de barro e ensanguentada devido as agressões sofridas pelo suspeito, momento em que foi solicitado por diversas vezes que o mesmo deitasse ao chão, o suspeito se recusou e ignorou a ordem dos Policiais.

Foi necessário a imobilização e algemar o suspeito, a vítima foi encaminhada ao Hospital para atendimento médico, e constatado que a vítima estava com escoriações no ombro e pescoço bem como 4 cortes pelo corpo desferido com uma tesoura e pedra pelo suspeito.

O relato da vítima segundo o Boletim de Ocorrência de nº 2018.345312, são de que ambos estavam na casa do suspeito bebendo e que em determinado momento o mesmo começou a ficar agressivo e a vítima se retirou do local, foi onde começaram as agressões.

A vítima saiu do local e começou a caminhar e covardemente o suspeito a seguiu e desferiu um golpe de tesoura em sua coluna, a vítima reagiu e conseguiu tirar a tesoura do suspeito e joga-la longe, com isso o suspeito jogou uma pedra no rosto da vítima onde veio a cortar o queixo, derrubando a ao chão e começou a arrasta-la pelos cabelos, pisou em seu pescoço e tentou tirar suas roupas para abusar sexualmente dela.

A todo momento o suspeito dizia que iria matá-la insinuando que estava armado.

O suspeito foi detido e encaminhado ao Batalhão de Polícia Militar para confecção do B.O. e posteriormente encaminhado à Delegacia de Polícia Civil para providencias que o caso requer.

O suspeito pode ser indiciado por tentativa de estrupo, tentativa de assassinato, lesão corporal, ameaça de morte, desacato, desobediência e resistência à prisão.

O suspeito V.V.C. de 41 anos já possui passagem pela Polícia por lesão corporal contra sua ex esposa em Nova Xavantina e em Paranatinga também pelo mesmo crime.

A destreza e rapidez dos Policiais foram crucial, salvando mais uma vida e prendendo o autor do delito em flagrante.

Portalparanatinga – Marcelo Vinicius

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.