Paciente que estava internado em UPA desaparece e família presta queixa à polícia em MT

Teste de Espaço de Anúncio




Um paciente desapareceu da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Tangará da Serra, a 242 km de Cuiabá, no dia 15 deste mês e desde então não há pistas do paradeiro dele e nem detalhes das circunstâncias do desaparecimento, segundo a filha de Adenir Soares da Silva. Ela denunciou o caso à polícia.

Luana Silva afirmou que, ao chegar pra visitar o pai, soube que ele teria fugido da unidade hospitalar. Algumas horas depois, o Corpo de Bombeiros localizou Adenir desmaiado em uma rua da cidade e o levou novamente para a UPA. Desde então, ele não foi mais visto.

"Fomos lá (na UPA) e explicaram dois, três tipos, de história. A gente chegou na delegacia falando as histórias e elas não bateram. No relato do papel que ele deu entrada no hospital não diz se ele recebeu alta ou fugiu", disse Luana. Ela afirmou que a família está em desespero com o sumiço de Adenir.

O diretor clínico da UPA, Eli Ambrósio, disse que o paciente foi atendido e saiu sem receber alta e que ele já teria feito isso outras vezes. Ele informou ainda que orientou a família a registrar o sumiço através de um boletim de ocorrência na polícia.


Por Nayana Bricat e Eduardo Kotaki, TV Centro América


Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.