Cinco visitantes são presos ao entrarem com droga, celulares e carregadores em penitenciárias em MT

Teste de Espaço de Anúncio

Alguns dos materiais estavam escondidos em chinelos de borracha dos visitantes — Foto: Sejudh-MT/Assessoria
Alguns dos materiais estavam escondidos em chinelos de borracha dos visitantes — Foto: Sejudh-MT/Assessoria


Cinco pessoas foram presas neste final de semana tentando entrar com droga, celular, fone de ouvido, carregador de celular e dinheiro em duas unidades prisionais de Mato Grosso.

Os materiais estavam escondidos em chinelos de borracha, tênis e até no brinquedo do filho de uma visitante. Todos foram encontrados durante revista realizada pelos agentes penitenciários.
De acordo com a assessoria da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), a primeira apreensão ocorreu no sábado (24) na Penitenciária Osvaldo Florentino Ferreira, em Sinop, a 503 km de Cuiabá.

Aronilda Maria de Souza, de 46 anos, foi presa com aproximadamente 114 gramas de maconha que estavam camufladas nas partes íntimas. A droga foi encontrada durante revista realizada no horário de visita na unidade prisional.

No domingo (25), também no horário de visita, quatro pessoas foram presas em flagrante após tentarem entrar na penitenciária Major Eldo de Sá Corrêa, em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, com nove aparelhos de celular, R$ 200 em dinheiro, dois carregadores de celular e dois fones de ouvido.

Foram encaminhadas para as delegacias das cidades os seguintes visitantes: Surama Araújo de Silva; Eva Rosa da Silvia Vieira; Cristiano Rosa Somorovtiz e Hosana Ferraz de Araújo Silveirio Benites.


Visitante escondeu carregador e fone de celular em brinquedo de criança — Foto: Sejudh-MT/Assessoria
Visitante escondeu carregador e fone de celular em brinquedo de criança — Foto: Sejudh-MT/Assessoria


Por G1 MT

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.