Menina escreve bilhete para palestrante e relata ter sido abusada sexualmente pelo pai

Teste de Espaço de Anúncio

menina indigena violencia
Uma menina de dez anos escreveu um bilhete denunciando abuso do pai, depois de assistir palestra na escola. O caso aconteceu no município de Querência (959 Km de Cuiabá), no dia 06 deste mês. Contudo, o boletim de ocorrência só foi registrado nesta terça-feira (18), pelo Conselho Tutelar.
A criança morou seis meses com o pai na cidade de Confresa (1.160 Km da capital). Nesse período, ela sempre pedia para a mãe buscá-la, dizendo que o pai batia nela. Durante as ligações, o pai ou a madrasta sempre vigiavam a conversa da menina com a mãe



No dia 06, durante uma palestra do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), a menina entregou um bilhete ao palestrante com a denúncia. Ela escreveu o recado depois que ele pediu para que os participantes redigissem qualquer dúvida sobre a aula.



“Eu já fui abusada pelo meu pai, isso pode ser uma denúncia? Sim ou não”, escreveu a criança, conforme informações do G1.



Quando voltou a morar com a mãe, a menina não relatou nada a respeito de abuso sexual. Todavia, sempre  que a mãe a questionava a respeito do assunto ela desconversava.



O caso será investigado pela polícia. 
Hiper Noticias


Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.