Criminosos ficam feridos ao colidirem Corolla roubado em mureta e acabam presos


Criminosos ficam feridos ao colidirem Corolla roubado em mureta e acabam presosTrês homens, identificados como Webertson Farias Jacob, Wellington Rattacaso dos Santos e Paulo Henrique Bezerra de Siqueira, foram presos na madrugada deste sábado (24) após um roubo de um Toyota Corolla em Várzea Grande. Weberson e Wellington acabaram colidindo o veículo contra a mureta de um posto de combustível no bairro Capela do Piçarrão. Paulo Henrique foi preso depois, após os outros dois relatarem que receberam o carro dele.


De acordo com informações da Polícia Militar, por volta de 1h30 de hoje (25) uma equipe foi informada que um Toyota Corolla branco roubado havia passado pela Ponte Julio Muller. Os militares avistaram o veículo na Avenida João Ponce de Arruda, mas não conseguiram realizar a abordagem no momento.

O Corolla seguiu pela Avenida Arthur Bernardes quando foi dada a ordem de parada com sinais luminosos e sonoros, mas o veículo continuou a fuga em alta velocidade pela Avenida Eduardo Gomes.

Outras viaturas da PM foram acionadas para dar apoio e fizeram o acompanhamento do carro, que veio a perder o controle após passar por um quebra-molas e colidiu contra a cerca de um lava jato, contra a grade de um posto, parando apenas quando bateu em uma mureta e em uma moto, que ficou presnada.

Os militares então abordaram Webertson e Wellington, que disseram que receberam o veículo de Paulo Henrique. A polícia então foi até a casa de Paulo Henrique, que foi detido ainda fora da residência, e após buscas no local a PM encontrou, dentro de um fogão, uma lata com duas porções de substância análoga a maconha.

Os policiais ainda foram até a casa de Wellington, que fica na mesma rua, e lá encontraram no quarto dele quatro munições de calibre 32, duas munições de calibre 22, uma chave micha e uma balança de precisão. Na casa de Webertson, no bairro Lixeira, não foi encontrado nada.

Webertson e Wellington foram levados ao Pronto Socorro Municipal de Várzea Grande, devido aos ferimentos que tiveram na colisão do Corolla. Ambos sofreram lesões na face, cabeça e escoriações pelo corpo.

No WhatsApp do celular de Paulo Henrique os militares encontraram conversas com um indivíduo de iniciais E.B.,  que seria o organizador da quadrilha, além de conversas sobre diversos roubos ocorridos nos últimos dias. Os três presos foram encaminhados à delegacia.



 Olhar Direto
 Vinicius Mendes

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.