Vereadores cassam mandato da prefeita Luciane Bezerra

Luciane Bezerra é acusada de fraudar licitações e desviar dinheiro público do município.
A Câmara de Vereadores de Juara cassou, neste sábado (7), o mandato da prefeita Luciane Bezerra (PSB), acusada de fraudar licitações e desviar dinheiro público do município.

A sessão extraordinária convocada para analisar e votar o relatório final da Comissão Processante, começou na quinta-feira (5) e só terminou na madrugada deste sábado.

A defesa de Luciane tentou retardar a sessão pedindo para que os parlamentares fizessem a leitura de todo o relatório, que contém mais de 7 mil páginas. Mas, ao final do trâmite, os vereadores optaram pela cassação de seu mandato e deram posse ao vice-prefeito do município, Carlos Sirena (PSDB).

Na semana passada, o presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, Rui Ramos, havia suspendido a liminar que afastou Luciane do cargo, dia 19 de março, acusada pelo Ministério Público Estadual (MPE) de fraudar licitação de reforma de uma escola pública no Distrito de Peranorte - pertencente à Juara. Investigações apontam suposto superfaturamento de R$ 129 mil na obra. Luciane teve a imagem queimada ao aparecer no Fantástico, da Rede Globo, recebendo o que seria propina das mãos do chefe de gabinete do então governador Silval Barbosa.


 RepórterMT/Reprodução

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.