Radialista que trabalhou em MT é executado no PA; esposa encomendou crime

Teste de Espaço de Anúncio

Radialista que trabalhou em MT é executado no PA; esposa encomendou crimeO radialista Marcelo Renato Guterres foi encontrado morto na última semana (20), em um rio no município de Novo Progresso (PA). A principal suspeita da Polícia Judiciária Civil (PJC) é de que a esposa dele tenha encomendado o crime. Marcelo trabalhou em emissoras de rádio de Tangará da Serra, Campo Novo do Parecis e Cuiabá.

Conforme as informações do Portal Dia Dia Progresso, o corpo do radialista foi encontrado por pescadores, boiando no Rio Jamanxim. No cadáver, foi possível notar uma perfuração, provavelmente provocada por arma de fogo e também um corte na região do abdômen da vítima.

A Polícia Civil constatou que a fazendeira Marlete Florentino, com quem Marcelo possuía um relacionamento, havia sido a mandante do crime. A mulher confessou o crime e entregou os outros quatro supostos envolvidos, entre eles um policial militar, que foram presos durante operação da PJC e da Polícia Militar.

A mulher disse que os dois viviam amigavelmente. Porém, ele seria agressivo e perigoso, ameaçava os filhos da acusada e familiares. Este teria sido o motivo para encomendar a sua morte. As investigações ainda seguem.
 Olhar Direto

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.