Pai e filho morrem afogados no Rio Peixoto em Peixoto de Azevedo

Teste de Espaço de Anúncio

Era por volta de 4 horas da tarde quando o filho de 6 anos foi arrastado pela correnteza, o pai foi para socorrer, abraçou o filho e ambos se afogaram.
Pai e filho morreram abraçados após um afogamento nas águas do Rio Peixoto. No domingo (29), a família foi até as margens do rio para pescar, tomar banho e se divertir.

Era por volta de 4 horas da tarde quando o filho de 6 anos foi arrastado pela correnteza, o pai foi para socorrer, abraçou o filho e ambos se afogaram.

Zil Cardoso era mecânico em Peixoto de Azevedo, junto com seu filho Gustavo de apenas 6 anos foram vítimas de uma tragédia inexplicável.

O corpo de bombeiros, a polícia civil, todos mobilizados até que por volta de 9 horas da manhã já de segunda feira os corpos foram localizados e removidos da água. O afogamento foi registrado nas proximidades do garimpo na região da Coamba, que margeia o Rio Peixoto.

Zil trabalhava em uma oficina mecânica nas paralelas da Br-163 próximo a Transete de Peixoto.



VERDADE ONLINE

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.