Família corre contra o tempo para pagar cirurgia de bebê em Sinop

Teste de Espaço de Anúncio
Vicenzo Scapini Comparin

Foto: Arquivo pessoal Vicenzo Scapini Comparin


Nascido há 18 dias, bebê precisa de uma cirurgia com urgência
Uma família de Sinop está mobilizando parentes, amigos e até desconhecidos em redes sociais, para uma missão contra o tempo. Eles precisam arrecadar quase R$ 250 mil para pagar uma cirurgia no crânio do bebê Vicenzo, permitindo que o cérebro da criança possa se desenvolver.

Casados há 14 anos, os pais do bebê descobriram a doença há 18 dias. Vicenzo nasceu com a moleira endurecida, uma condição rara, chamada de cranioestenose.  O crânio fechado impede o crescimento do cérebro, que pode causar sequelas irreversíveis ou até a morte do recém-nascido.

O médico explicou a família que a cirurgia deve acontecer em 30 dias para aumentar as chances de sucesso. Rogiany Comparin, mãe do bebê, recorreu aos SUS (Sistema Único de Saúde), mas a fila de espera impede a urgência da cirurgia.

O pai, Daniel Comparin, entrou com uma ação Justiça para salvar Vincenzo, entretanto, a dúvida na intervenção judicial não conforta a angustia da família.

Para ter uma vida normal, o bebê precisa da ajuda de desconhecidos. Desde o dia 20 de julho, a família pede ajuda em redes sociais e grupos no aplicativo de mensagens para celular. Uma das publicações chegou a centenas de compartilhamentos.

Nesta quarta-feira (25), os pais de Vincenzo viajaram para uma consulta neurológica em Cuiabá. O resultado do exame definirá o tempo que o cérebro do bebê suportará o crânio endurecido.



Os interessados em ajudar financeiramente a família, podem depositar qualquer q quantia em dinheiro na conta poupança 4965-5 da Caixa, na agência 3263, da Caixa Econômica Federal. Vicenzo Scapini Comparin.

Adicionar legenda


 GCNotícias

Fonte: André Jablonski

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.