Notícias Gerais

Quase 5,5 mil famílias vivem em áreas de conflito agrário em MT, diz Pastoral

Notícias Relacionadas

Segundo a Comissão Pastoral da Terra, foram registradas 27 áreas em disputa no estado em 2017. Levantamento aponta que conflitos ocorrem em áreas rurais de 24 municípios.
Famílias que ocupavam fazenda em Novo Mundo (MT) foram retiradas e tiveram materiais incendiados (Foto: Arquivo pessoal)
Famílias que ocupavam fazenda em Novo Mundo (MT) foram retiradas e tiveram materiais incendiados (Foto: Arquivo pessoal)

Pelo menos 5.496 famílias vivem em áreas de conflito agrário em Mato Grosso. Segundo levantamento feito pela Comissão Pastoral da Terra (CPT) e divulgado nessa terça-feira (5).

Os dados referem-se ao ano de 2017 e indicam que as disputas ocorrem em zonas rurais de 24 municípios do estado, entre glebas, áreas públicas, fazendas particulares, assentamentos, terras indígenas e áreas de quilombolas.

Conforme o levantamento, a maior área disputada – e, consequentemente, que envolve mais pessoas – está inserida no Parque Indígena do Xingu, entre os municípios de Querência, Canarana e São Félix do Araguaia, onde vivem 1.522 famílias.

Os conflitos têm, em sua maioria, indígenas, assentados, sem terra, quilombolas e posseiros como as vítimas de ações praticadas por madeireiros, empresários, mineradores e grileiros, além de atos pontuais dos governos federal e estadual e da Polícia Militar.

Em alguns casos, tais conflitos terminam em morte. Em abril do ano passado, nove posseiros foram assassinados em Colniza, a 1.065 km de Cuiabá, o que rendeu a Mato Grosso a 4ª posição no ranking de homicídios por conflitos agrários.

Uma semana após chacina de 9 trabalhadores em Colniza (MT), nenhum suspeito é preso (Foto: Reprodução/TVCA)
Uma semana após chacina de 9 trabalhadores em Colniza (MT), nenhum suspeito é preso (Foto: Reprodução/TVCA)

Ocorrências

O levantamento aponta que foram registradas 35 conflitos por terra ao longo de 2017, sendo que em alguns casos, como em Nova Guarita, a 667 km de Cuiabá, foram quatro embates seguidos em apenas um mês, no Assentamento Raimundo Vieira.

Nesse caso, conforme a Pastoral, os conflitos entre assentados e grileiros começaram com atos de intimidação e culminaram em famílias torturadas e danos materiais – tudo isso em um espaço de três semanas.

Segundo o estudo, entre os confrontos, duas roças foram destruídas e foram registrados 14 boletins de ocorrência por danos materiais e 12 por crimes de pistolagem.

Também durante o ano passado, quatro famílias foram agredidas e expulsas de uma fazenda particular onde moravam em Campo Verde, a 139 km da capital. O caso ocorreu em outubro e a área, que é disputada na Justiça, é particular e pertenceria a um empresário, apontado como o suposto mandante da ação.

Balanço
Ao todo, conforme a Pastoral, foram registrados 820 ocorrências de tentativas ou ameaças de expulsão, 336 registros de famílias despejadas e 502 ameaçadas de despejo, bem como 317 casas e 153 roças destruídas e 578 crimes de pistolagem e 23 relatos de pertences destruídos.
Por Lislaine dos Anjos, G1 MT


Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

NG Noticias

NG Noticias
Primeiro e maior portal de notícias de Nova Guarita - MT

Vidronova vidros e decorações

Vidronova vidros e decorações
Nova Guarita fone: 98467 3121:

salão Studio mulher

salão Studio mulher
Studio mulher salão de beleza sempre cuidando da sua beleza Cortes feminino e masculino, química progressiva definitiva colagem hidratação e cauterização manicure e pé de Curi. E para você gestante ou crianças trabalhamos com a escova orgânica. Venha nos fazer uma visita E também com representação o boticário natura Avon e importados. O salão Studio mulher fica localizado NA Avenida dos migrante cento nº 911 Nova Guarita-MT

Primeiro e maior portal de notícias de Nova Guarita - MT

Primeiro e maior portal de notícias de Nova Guarita - MT

NOVATORRE CONSTRUÇÕES. Nova Guarita MT

NOVATORRE CONSTRUÇÕES. Nova Guarita MT
Entre em contato conosco e faça o seu orçamento, nosso lema é alicerçar sonhos e construir realidade. Não deixe pra depois, ligue agora mesmo (66)9624-0718 ou 8425-0106, nós temos os melhores produtos e serviços que você precisa para a sua obra

Jaykison S. Oliveira

Jaykison S. Oliveira
Agora você pode contar Jaykison S. Oliveira Contabilidade & informática: Travessa dos Parecis, 85, Setor Norte, Centro, Colider/MT Tel.: (66) 3541-468. Cel..: (66) 9614-9776 “Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim.”Chico Xavier

SILKA ATESANATO DE CONCRETO

SILKA ATESANATO DE CONCRETO
Em Nova Guarita, a empresa SILKA ARTEFATOS de CONCRETO, trabalha na Fabricação de produtos de concreto; na SILKA você encontra Ofertas incríveis de Vaso para flores, Tanque De Lavar Roupa. Cochos de confinamentos para gado, comedouros e bebedouros para animais, postes padrão de energia e redes de rebaixamento, tubos de metro, de 60, 40 cm, palanques, e postinhos de cimento para cerca, calçada sextavada de várias formas e tamanhos, também prestação serviços com munck... Venha para a Silka, garantimos os melhores preços da região nos faça uma visita e traga o seu orçamento; O endereço fica na Rua das Orquídeas em Nova Guarita MT. FONE: 66 8433-8278- 9691-9728.

CONTAL CONTABILIDADE

CONTAL CONTABILIDADE
Escrita Contábil, Fiscal e Trabalhista de empresas. Escrita Fiscal para Produtor Rural. Contratos e Declarações Fiscais. Contabilidade em Geral. Fone (66) 3574 1204/ 8412 3230
Century
Century
Copyright © NG - Notícias de Nova Guarita
Nova Guarita - Mato Grosso - Brasil

Qualquer material nao pode ser publicado, transmitido, reescrito ou distribuido sem autorização

Tenha um site!