Polícia nega boato sobre soropositivos espalhado no Whatsapp e alerta sobre fake news

Teste de Espaço de Anúncio

A Polícia Militar desmentiu um boato que está sendo espalhado pelo Whatsapp, que denuncia um suposto grupo de soropositivos, disfarçados de agentes de saúde, que estaria infectando moradores durante visitas a suas residências. Este é mais um dos diversos casos de fakenews. A PM ainda alertou para que a população verifique a autenticidade de informações deste tipo antes de compartilhá-las.
 
O boato em questão fala de um suposto grupo de pessoas vestidas de branco que passam de casa em casa para medir a taxa de glicemia dos moradores. Este grupo, de acordo com o boato, seria composto por soropositivos que buscam infectar outras pessoas, a mando "da baleia azul". A história, porém, é fantasiosa.



A Polícia Militar afirmou que já havia apurado esta informação e confirmou que não há qualquer registro sobre alguma situação deste tipo. O tenente-coronel do 10º Batalhão da Polícia Militar, Waldenir Soares, recomendou que a população preste mais atenção às coisas que compartilha.

"Geralmente o que a gente recomenda é que o cidadão procure saber a fonte, procure os meios de comunicação confiáveis para ver se realmente esta notícia é verdadeira. Nós recomendamos também que não compartilhem este tipo de notícias, ainda mais em uma situação destas, é importante estar primeiramente verificando a fonte".
Fonte: Olhar Direto


Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.