Jovem reaparece no próprio velório após ser dado como morto

 Enquanto familiares se “despediam” de Juan, ele surgiu, afirmando que estava trabalhando em outra cidade.
Há a suspeita de que a vítima seja brasileira e que pode ter sido morta em um acerto de contas relacionado ao tráfico de drogas
O que você pensaria caso um parente dado como morto surgisse vivo no próprio velório? Foi com isso que a família de Juan Ramon Alfonso Penayo, de 20 anos, teve de lidar na manhã do último domingo (17/6).

Um corpo carbonizado encontrado em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia vizinha a Ponta Porã, a 323 quilômetros de Campo Grande (MS), foi reconhecido pelos familiares como sendo do jovem, depois de ele ter ficado quase todo o fim de semana fora de casa.

Ao ser liberado pelo Instituto Médico Legal (IML), o corpo foi levado pelos parentes. Enquanto se “despediam” de Juan, ele reapareceu, afirmando que estava trabalhando em outra cidade, por isso não havia dado notícias. Com isso, o cadáver voltou ao IML, onde aguarda alguém que o identifique.


Há a suspeita de que a vítima seja brasileira e que pode ter sido morta em um acerto de contas relacionado ao tráfico de drogas. Além de carbonizado, ele foi encontrado com um profundo corte na região do abdomên e sem qualquer documento de identificação.

METRÓPOLES

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.